Bem-estar físico e emocional!

A má alimentação reduz 20% da produtividade dos colaboradores

De acordo com um estudo realizado pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), a má alimentação reduz 20% da produtividade dos colaboradores. Isso porque a alimentação influencia não apenas no aspecto físico das pessoas, mas também em seu processo e desenvolvimento cognitivo. Principalmente por ela ser o principal fator das Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT), como a hipertensão, diabetes, obesidade, glicemia elevada, etc. As quais são algumas das maiores causas de absenteísmo e queda de produtividade nas empresas.

Com a agitação do dia a dia e jornadas de trabalho complexas, a maioria das pessoas não para para prestar uma atenção adequada a sua alimentação. Assim, devido a falta de tempo ou disposição, assim como pela busca por facilidade, muitos optam por alimentos ultraprocessados e gordurosos. Entre eles estão as frituras, salgadinhos, macarrão instantâneo, fast food, energéticos, etc. Em outros casos, acabam pulando uma ou até mesmo duas refeições ou mesmo pecando pelo excesso, abastecendo exageradamente o prato como uma “compensação” pelas refeições perdidas. 

Obviamente esse tipo de alimentação irregular e mal equilibrada traz problemas para a nossa saúde em mais de um sentido. Sendo que, do ponto de vista nutricional, a má alimentação gera indisposição, fadiga, sonolência, má digestão e raciocínio lento. Além de inúmeros outros danos sérios à nossa saúde física e mental. O que, inevitavelmente, leva à queda da eficiência e a reduz a produtividade no trabalho. E nos dias de hoje, a produtividade não se refere apenas a estar preparado profissionalmente para desempenhar sua função, mas também ao seu estado de saúde e vitalidade. Sendo assim, a reeducação alimentar passou a ser uma necessidade. Assunto sobre o qual falaremos mais adiante neste artigo.

O que é a má alimentação?

Uma má alimentação consiste em uma dieta desequilibrada e carente de nutrientes, geralmente composta pela ausência da ingestão de frutas, verduras, legumes, grãos e água. Assim como também é caracterizada pelo consumo excessivo das gorduras ruins, assim como de sódio e açúcar, conservantes e frituras, dos quais os maiores exemplos são o fast food. Em resumo, a má alimentação consiste em um dano à saúde causado tanto pela falta quanto pelo excesso de nutrientes. 

Quais são os sinais da má alimentação? 

A frase “você é o que você come” pode até parecer clichê, mas é uma verdade inegável. Até porque, seus impactos não se limitam apenas a fatores estéticos, mas também em sua saúde como um todo, tanto física quanto mental. Sendo assim, como forma de mostrar que algo não está certo no nosso organismo, nosso corpo envia vários sinais de alerta, apresentando sintomas como:

  • Mau hálito;
  • Inchaço;
  • Perda de cabelo;
  • Imunidade baixa;
  • Constipação;
  • Baixa energia, sonolência e cansaço;
  • Apatia ou irritabilidade;
  • Falta de apetite. 

Os efeitos da má alimentação na produtividade dos colaboradores

Segundo um estudo realizado pelo Instituto Médico e Avaliação da Saúde da Universidade de Washington (Health Metrics and Evaluation) em 2020, a má alimentação é uma das maiores causas de morte no mundo. De modo que fica a frente até mesmo do cigarro e da hipertensão. 

Considerando isso, um dos maiores problemas enfrentados pelas empresas atualmente está na baixa produtividade dos colaboradores, geralmente relacionada a problemas de saúde. E esses problemas, para além da falta de atividades físicas, sedentarismo e hábitos ruins, são causados pela má alimentação. 

Nesse sentido, os problemas são causados pelo consumo excessivo de alimentos calóricos, processados e ricos em gorduras, que são carentes de nutrientes e não possuem qualidade para o bom funcionamento do organismo. O mesmo pode ser dito da realização de refeições corridas (feitas às pressas) e com excesso de carboidratos, assim como do consumo demasiado de alimentos estimulantes como cafés, chocolates e doces. 

Sendo assim, a má alimentação afeta não apenas a saúde física dos colaboradores, mas também a cognitiva, de modo que pode apresentar os seguintes efeitos: 

  • Sensação de fadiga;
  • Insônia;
  • Sonolência;
  • Alterações de humor e irritabilidade; 
  • Ansiedade e depressão;
  • Prejuízos a memória de curto e longo prazo;
  • Problemas nas funções cerebrais e flexibilidade cognitiva;
  • Problemas de concentração. 

Assim como também pode levar a problemas graves de saúde como a obesidade, hipertensão, arritmia e outras doenças cardiovasculares e diabetes. Devido a isso, o colaborador passa a apresentar a incapacidade de executar as tarefas mais simples de maneira eficiente, uma vez que nem seu físico e nem sua mente possuem energia para tal. Ademais, também é válido citar que o consumo do álcool também é um grande fator para o declínio cognitivo, já que pode afetar a memória e as habilidades motoras. 

O melhor pacote de soluções para elevar o bem-estar da sua equipe. Conheça o Fortalece Plus!

Os benefícios de uma alimentação saudável na produtividade

Uma alimentação saudável e balanceada é aquela que fornece ao organismo humano todos os nutrientes que ele precisa para um bom funcionamento, tais como vitaminas, minerais, proteínas, fibras, gorduras e carboidratos. Por isso, uma alimentação nutritiva é a base para proporcionar inúmeros benefícios, seja no ambiente de trabalho ou fora dele. O que a torna um verdadeiro investimento pessoal, já que fornece longevidade, vitalidade, energia, disposição e eficiência para as atividades diárias. 

Sendo assim, uma alimentação adequada, acompanhada de bons hábitos de sono e a prática regular de exercícios são a melhor forma de proporcionar energia e disposição. Não apenas de maneira imediata, mas a longo prazo. Isso, por si, não apenas aumenta o rendimento e a produtividade no trabalho, mas também aumenta a qualidade de vida e bem-estar. 

Até porque, assim como uma má alimentação reduz a produtividade dos colaboradores, uma alimentação saudável também pode aumentá-la. Como mostra uma pesquisa feita pela Organização Mundial da Saúde, ao revelar que uma alimentação adequada aumenta em até 20% na produtividade. Diante disso, alguns dos benefícios da alimentação saudável na vida do colaborador são:

  • Melhoria do desempenho;
  • Qualidade de vida;
  • Redução de acidentes de trabalho;
  • Redução de gastos com doenças;
  • Redução do absenteísmo e turnover;
  • Melhora do humor e da satisfação;
  • Melhora da concentração e memória;
  • Redução de acidentes no ambiente de trabalho. 

Ajude a evitar a redução de produtividade dos colaboradores promovendo uma alimentação saudável na sua empresa

Como a má alimentação reduz não apenas a produtividade dos colaboradores, mas também afeta o seu desempenho em atividades como um todo, cabe às empresas elaborarem estratégias para evitar ou diminuir o problema. Desse modo, investir em programas de saúde e acompanhamento nutricional dentro da empresa pode ser uma ótima forma de ajudar a diminuir a assistência médica e a incidência de doenças, além de promover a saúde dos colaboradores. Até porque, ter consideração por uma boa saúde e vitalidade dos seus colaboradores é uma forma eficiente de reduzir índices de turnover, absenteísmo e queda de produtividade. 

Sendo assim, implementar um serviço de refeições especializado ou um restaurante exclusivo dentro da própria empresa, sob o acompanhamento de um nutricionista, irá fornecer uma alimentação mais saudável e equilibrada aos colaboradores. Assim como também os incentivará a adotarem e manterem hábitos mais saudáveis. Uma vez que, mais do que promover uma alimentação saudável, é importante promover uma reeducação alimentar

Nesse sentido, como parte do programa de acompanhamento nutricional, é importante também conscientizar os colaboradores dos benefícios de manter uma vida saudável, o que pode ser feito por meio de campanhas e oficinas. Desse modo, o colaborador passa a fazer um trabalho mais construtivo, no qual aprende mais sobre saúde, alimentação e sobre si. O que, consequentemente, mostrará benefícios não apenas em sua vida profissional, mas em todos os aspectos.

Descubra o programa de saúde e bem-estar que te ajuda no aumento da produtividade da sua equipe! Clique aqui

Compartilhar:

Outros semelhantes:

plugins premium WordPress